Imprimir esta página
Sexta, 19 Junho 2020 23:13

Presidente do CREF17/MT participa de manifesto em apoio aos Profissionais do Tênis para retomada das atividades

Avalie este item
(1 Voto)

Assessoria de Imprensa

CREF17/MT

 

Professores, pais, tenistas e representantes de entidades do tênis fizeram uma manifestação, nesta quinta-feira (18), em frente ao Palácio Alencastro, onde fica a Prefeitura de Cuiabá, com o objetivo de solicitar a reabertura das quadras de tênis e de beach tennis na capital. O presidente do Conselho Regional de Educação Física da 17ª Região (CREF17/MT), Carlos Eilert, fez questão de participar dando seu total apoio ao esporte.

 

De acordo com o  presidente da Federação Mato-grossense de Tênis (FMTT), Rivaldo Barbosa, o retorno está fundamentado em instruções internacionais baseadas na ciência e com risco mínimo de contágio. “Já foi feito um documento elaborado pela CBT para volta das atividades com base nas instruções da Organização Mundial da Saúde (OMS) e com anuência da Comissão de Medicina e Ciência do Esporte da International Tennis Federation (ITF), nomeado “Protocolo de Retorno à Prática do Tênis no Brasil“, disse ele acrescentando ainda que “uma vantagem do tênis é que pode ser praticado respeitando-se o ‘Distanciamento Social’.

 

Barbosa desabafa que a preocupação maior é com a situação financeira dos profissionais e a manutenção de vida de suas famílias. “Nós já temos tudo previsto. É uma modalidade individual, onde nós temos espaço de 640m para a sua prática. Então é mais do que suficiente para que a gente retorne e para que os professores que estão sem renda desde o mês de março, possam recompor a sua situação econômica e ofertar para a sociedade, saúde e bem-estar”.

 

Eilert disse que já passou da hora das autoridades públicas terem empatia e consciência com o setor.

 “Diversas unidades federativas e cidades brasileiras já abriram as academias. Como, mais recentemente, Mato Grosso do Sul autorizou a reabertura das academias e já estão ocorrendo as aulas de tênis. O tênis é um esporte individual sem contato físico. Portanto, nesse sentido, acredito que é importante a liberação desse esporte para ser praticado por todas as idades".

 

O presidente do Conselho lembrou ainda que  “O CREF  já fez as recomendações  necessárias a todos os estabelecimentos e modalidades do esporte do Estado, desde o dia 23 de março, para que os profissionais  sigam as medidas de distanciamento", finalizou.

Lido 131 vezes