Sábado, 16 Maio 2020 00:06

NOTA DE REPÚDIO A FALA DO SECRETÁRIO ESTADUAL DE SAÚDE

Avalie este item
(1 Voto)

 

O Conselho Regional de Educação Física da 17ª Região (CREF17/MT), vem a público, como representante legal dos profissionais da área, manifestar o seu repúdio a declaração equivocada e sem fundamento do secretário de Saúde de Mato Grosso. O gestor, disse em entrevista,  que é contra as últimas medidas adotadas pelo presidente Jair Bolsonaro, que incluiu salões de beleza, barbearias e academias de ginásticas na lista de serviços essenciais, pois segundo ele, tratam-se de atividades de embelezamento.

 

O CREF17 acredita que o gestor esteja totalmente desinformado e desatualizado das definições da importância da atividade física para a saúde. Por exemplo, uma das vantagens de se exercitar é a melhoria da qualidade de vida, reduzindo consideravelmente os riscos de desenvolvimento de doenças cardiovasculares, diabetes, problemas relacionados a baixa imunidade, além dos transtornos de fundo emocional.

 

No entanto, os principais benefícios não estão ligados diretamente a um físico bonito, mas sim à saúde do praticante. As academias proporcionam um espaço estruturado para isso e são obrigadas a ter profissionais habilitados para acompanhar o aluno, justamente para que não venha a prejudica-lo.

 

O CREF lembra ainda que o Ministério da Saúde abriu programa para habilitação de propostas de academia da Saúde. O Programa foi lançado em 2011 como estratégia de promoção da saúde e produção do cuidado para os municípios brasileiros, tendo como pontos centrais, a implantação de polos dotados de infraestrutura, equipamentos e profissionais qualificados, o que potencializa a realização de ações variadas de promoção da saúde.

 

O Programa adota uma concepção ampliada de saúde e estabelece como ponto de partida o reconhecimento do impacto social, econômico, político e cultural sobre a saúde. 

 

O Conselho reafirma a importância de se praticar o exercício físico, porém, entende a atual situação de crise a qual o mundo está vivendo.

 

Diante disso, várias sugestões de medidas já foram apresentadas aos órgãos competentes para que as atividades voltem a ser realizadas.

 

Por fim, informamos que esse tipo de atitude do Sr. secretário não nos intimidará nem nos enfraquecerá, pois a Educação Física é forte e indispensável na vida de cada cidadão, inclusive na dele.

 

Carlos Eilert,

Presidente do CREF17

Lido 205 vezes