Sábado, 30 Novembro 2019 22:23

Carlos Eilert é empossado como primeiro Imortal da cadeira número 10 da ABEF

Avalie este item
(0 votos)

Assessoria de Imprensa

CREF17/MT

O trabalho de mais de 40 anos na área de educação física, dedicados pelo professor mestre Carlos Alberto Eilert, atual presidente do Conselho Regional de Educação Física da 17ª Região (CREF17/MT), foi reconhecido na noite desta sexta-feira (29.11), quando ele tomou posse na Academia Brasileira de Educação Física (ABEF), ocupando a cadeira de número 10, cujo patrono é o professor Natanael Henrique de Morais.

Mais de 400 pessoas prestigiaram o evento, que ocorreu no Auditório do Colégio Salesiano São Gonçalo. Entre as autoridades presentes estava o secretário de Esportes da capital.

De acordo com Cássio Hartmann, secretário da ABEF, o objetivo é de imortalizar os profissionais que são referência na profissão por suas obras, lutas e legados, além disso, ao serem escolhidos para ocuparem uma das cadeiras, os membros da ABEF passam por uma lista tríplice, após a análise dos currículos, sendo levada em consideração as contribuições dos profissionais para a área da Educação Física e sua trajetória profissional e acadêmica. "Nós tivemos 3 nomes indicados en Mato Grosso para ocupar a cadeira, porém, após uma análise criteriosa o nome do professor Carlinhos foi o escolhido", disse.

Durante seu discurso de posse, Eilert lembrou as palavras proferidas por Dom lucas Moreira Neves (inmemorian) que ao tomar posse como acadêmico da academia brasileira de letras, disse “De Platão para cá, também esta se inspira no faustoso palácio e no mítico Jardim de Academo, abrigo, cenáculo e teatro de acaloradas discussões entre os mais notáveis mestres do pensamento ático”.

Eilert também fez questão de ressaltar sua trajetória ao iniciar sua vida acadêmica e da importância do patrono da cadeira a qual passa a ocupar na ABEF. “Não poderia deixar de ressaltar os meus falecidos pais, que quando vieram para Mato Grosso iniciar o milagre brasileiro de romper a mata e chegar ao Pará, trouxe sua família e nos propuseram a oportunidade de estudo, em uma universidade que iniciava seus passos, na época, e que hoje é a nossa grande UFMT. Foi então, que ingressei no curso de educação física nesta universidade e tive como um grande professor Natanael Henrique de Moraes, que muito contribuiu para minha formação e quem sou muito grato até hoje”, afirmou.

Antes de finalizar ainda seu discurso, Eilert homenagenou sua família. “Não posso esquecer dos que estão até hoje ao meu lado e se sou o que sou, devo muot a quem me acompanha, minha esposa Marivanda, a quem sou muito grata, principalmente pelos 36 anos de companheirismo, ao filho, nora e netos”, finalizou.

Sobre a Academia

A ABEF (Academia Brasileira de Educação Física) foi criada a partir da necessidade identificada pela FIEP (Federação Internacional de Educação Física) e pelo Confef (Conselho Federal de Educação Física), com a finalidade de preservar a história, a memória da Educação Física e o acervo de seus membros, bem como fomentar e incentivar o desenvolvimento da literatura da Educação Física e produção de pesquisas.

 

A instituição congrega profissionais de Educação Física, pesquisadores, escritores e ainda atletas olímpicos e paraolímpicos do Brasil e do Mundo com notórias contribuições para a Educação Física.

Lido 17 vezes