Quarta, 08 Maio 2019 20:13

CREF17/MT - Operação apreende duas pessoas por exercício ilegal da profissão na Capital; Academias foram notificadas e multadas

Avalie este item
(0 votos)

 

Assessoria de Imprensa
CREF17/MT

Lançada na manhã desta quarta-feira (08.05) a operação “Corpore Sano” apreendeu duas pessoas na região do Coxipó, por exercício ilegal da profissão. O trabalho é realizado pelo Conselho Regional de Educação Física da 17ª Região (CREF17/MT) em parceria com a Delegacia do Consumidor (Decon).

De acordo com o chefe de fiscalização do CREF17/MT, Julio Garcia, durante o trabalho nesta manhã, foram feitas duas diligencias através da operação, uma delas no Jardim dos Ipês, onde foi constado um cidadão orientando sobre condicionamento físico. “Esse falso profissional já tinha sido notificado anteriormente por estar trabalhando de forma ilegal, mas não deu satisfação, sendo que o CREF já tinha solicitado que ele suspendesse as atividades, no entanto, ele continuou a trabalhar de forma ilegal e hoje foi surpreendido e pego em flagrante”, contou ele.

Outra academia fiscalizada foi no bairro Coophema. Da mesma forma uma pessoa foi pega em flagrante trabalhando de forma irregular. “Nós já estávamos acompanhando o trabalho irregular realizado nesta academia, sendo que na primeira vez em que nossa equipe esteve lá, o falso instrutor conseguiu escapar da fiscalização, porém, hoje foi diferente. Ele tentou argumentar e nos enganar dizendo que era aluno, mas a fiscalização verificou que ele estava trabalhando, mesmo tentando caracterizar outra situação”, explicou Garcia.

Nos dois casos, os falsos profissionais foram conduzidos a Delegacia, onde foi feita a notificação, lavrado auto de infração e multa para as academias e os cidadãos enquadrados no exercício ilegal da profissão.

Na oportunidade, o presidente do CREF17/MT, Carlos Alberto Eilert, agradeceu a parceria e o apoio da Decon em combater essa prática. “Nosso trabalho visa defender a sociedade de pessoas não habilitadas a trabalhar e consequentemente de proteger a saúde da população. Quero agradecer o apoio da Decon, através do Delegado Antônio Araújo, que novamente está somando conosco nesse trabalho. Estamos juntos nessa luta a favor da sociedade civil organizada. É importante ter um profissional habilitado, pois ele garante segurança ao aluno”.

Créditos fotos: DECON

Lido 175 vezes