Terça, 19 Junho 2018 14:03

CREF17/MT e sua constante luta contra a prática irregular da profissão

Avalie este item
(1 Voto)

Assessoria de Imprensa
CREF17/MT

Todo mundo sabe que praticar atividades físicas com frequência é essencial para se ter uma vida saudável. O que muita gente ainda não leva em consideração é a importância de ter a orientação de um profissional habilitado para evitar práticas de exercícios inadequados que possam levar a sérios problemas de saúde.

O Conselho Regional de Educação Física da 17ª Região (CREF17/MT) atua incansavelmente na fiscalização da prática irregular de profissionais não habilitados para que esse número diminua cada vez mais e para que as pessoas sejam conscientizadas dos danos que possam causar.

O presidente do CREF17/MT, Carlos Alberto Eilert, explica que os danos à saúde valem para todas as atividades, desde o treino pesado de musculação até a corrida ao ar livre, pois todas elas exigem esforço por parte das articulações e da musculatura.

“São vários os problemas que podem ser evitados com a orientação de um profissional capacitado, como: diminuição do risco de sofrer lesões, melhora do condicionamento físico, adequação da atividade à meta desejada, obtenção de resultados concretos, entre muitos outros benefícios”, alerta Eilert.

A defesa dessa fiscalização, segundo Eilert, é principalmente pela saúde da população e também pela valorização da profissão, que assim como qualquer outra área, precisa ser estudada durante anos para poder ser executada à sociedade.

“O profissional precisa estudar anos para compreender como funciona o corpo humano e como e para quem deve ser aplicado o exercício físico. Após todo esse processo, ai sim, estará apto a cuidar da saúde do próximo e mesmo depois da finalização do curso, é preciso estar sempre estudando e se atualizando. Ai eu pergunto: Como uma pessoa que não se profissionalizou pode atuar na Educação Física sem correr o risco de causar algum dano?”, indagou o presidente do Conselho que finalizou dizendo que o CREF17 está de olho em todos os estabelecimentos onde ocorrem atividades físicas e que é preciso que todos colaborem com a denúncia sigilosa através do site www.cref17.org.br

Lido 88 vezes