Segunda, 28 Maio 2018 18:34

I Simpósio de Exercício Físico em Ambiente Hospitalar foi realizado em Cuiabá; Presidente do CREF17/MT participa da abertura

Avalie este item
(0 votos)

Assessoria de Imprensa

CREF17/MT

 

O presidente do Conselho Regional de Educação Física 17ª Região (CREF17/MT), Carlos Alberto Eilert, participou da abertura do I Simpósio de Exercício Físico em Ambiente Hospitalar, que aconteceu na última sexta-feira (25.05), no auditório do Hospital do Câncer em Cuiabá.

O evento foi realizado pelo Núcleo de Integração de Ensino e Pesquisa, Saúde (NIEPS) em parceria com o Programa de Pós-graduação em Educação Física e o Laboratório de Bioquímica, Biologia Molecular e Exercício Físico (LABMEF) da UFMT e o CREF17/MT. Esse foi o 1º evento em comemoração aos 20 anos do Conselho Federal.

De acordo com a nutricionista Haracelli Leite, coordenadora do NIEPS, o núcleo foi criado com o intuito de capacitar, realizar treinamento e atualizações, além de ser utilizado como um novo conceito  de educação e conhecimento para o Estado de Mato Grosso. “O Hospital tem o intuito de expandir isso para o Estado. Então a gente vai buscando temas novos que estão sendo relevantes no cenário atual da saúde para que a gente possa estar expondo aqui e abrir novos caminhos”, disse ela, complementando que “o que a gente tem visto é que o exercício físico está sendo muito falado em todas as esferas da área da saúde, não só para a Educação Física como para a fisioterapia, para a nutrição, para médicos e enfermeiros. Isso está trazendo benefícios na agilidade da recuperação do paciente. Começamos a entender que o exercício físico também faz parte da terapia hospitalar, então eu não vou tratar o paciente somente com o remédio. Hoje a gente entende que o cuidado interdisciplinar é extremamente importante e todos os profissionais da saúde estão contemplados nesse âmbito. Por isso criamos esse evento”.

Conforme a coordenadora no NIEPS ainda, é importante que “tenha novas terapias, novos conceitos, novos testes e investimento nas atividades físicas para melhorar na recuperação do paciente. O objetivo é melhor o atendimento ao paciente”, salientou ela. 

 

Já para o palestrante professor Dr. Sebastião Gobbi, que falou sobre dois relevantes temas, sendo eles: “A Importância do Exercício Físico frente a Doenças Crônicas” e “Compartilhando Saberes – Atuação Multiprofissional”, quando se fala de Exercício Físico e doenças crônicas “nós estamos transmitindo um conhecimento em que o exercício físico serve para prevenir, então, ele tem uma ação preventiva: não deixar a doença ocorrer. Ele tem uma ação de proteção: a doença está instalada, mas eu não deixo que limite os agravos ou os danos que a doença possa causar: eu protejo! A outra é no tratamento e na reabilitação dessas doenças crônicas, enquanto elas não sejam curáveis, na maior parte delas, na realidade a pessoa pode ter uma qualidade de vida boa independente de ter ou não essas doenças crônicas como diabetes, hipertensão, entre outras”, exemplificou ele. 

Gobbi destaca ainda que o exercício físico ajuda desde a prevenção até a reabilitação. “O que a gente precisa chamar a atenção não é o exercício físico em si. O que é benéfico é a orientação adequada do exercício físico e daí o profissional responsável por essa orientação adequada é o profissional de Educação Física.”

 

O presidente do CREF17/MT, Carlos Alberto Eilert, chamou à atenção na sua fala sobre a importância de parcerias desta natureza que visam a capacitação dos profissionais de Educação Física bem como do mercado de trabalho que está sendo proporcionado desde quando a profissão foi reconhecida pela portaria 218/97 do Ministério da Saúde que diz que os profissionais de Educação Física fazem parte da saúde”.

Lido 40 vezes