Sexta, 23 Março 2018 13:04

Presidente do CREF17\MT parabeniza profissionais pela inauguração da 1ª Academia Terapêutica de MT Destaque

Avalie este item
(1 Voto)

Assessoria de Imprensa
CREF17/MT

Foi inaugurada nesta quinta-feira (22) em Cuiabá a 1ª Academia de Musculação Terapêutica de Mato Grosso, localizada no Espaço Piu Vita. Trata-se de uma academia diferente das tradicionais, onde o conceito é cuidar mais da saúde do que da estética.

 O presidente do Conselho Regional de Educação Física da 17º Região (CREF17/MT), Carlos Alberto Eilert, esteve presente na inauguração e parabenizou os profissionais, Raphael Marinho e Aldo Ricci, pelo espaço e pela oportunidade e melhoria na qualidade de vida da população.

“Isso representa uma conquista do profissional de Educação Física e o reconhecimento da profissão”, disse Eilert, deixando o CREF17 à disposição da academia.

O público alvo é acima de 40 anos, mas a academia também atende pessoas de todas as idades. Os “pacientes”, como são chamados, recebem uma assistência integral do profissional durante a aula e passam, criteriosamente, por uma consulta física-funcional antes de começar o atendimento. Os equipamentos também são diferentes, sendo ajustáveis para cada indivíduo, cujo impacto e sobrecarga nas articulações são bem menores em relação aos equipamentos das academias tradicionais.

“O principal objetivo é o controle fisiológico do exercício. A gente valoriza muito os parâmetros antes de iniciar, durante o processo do treino e no final. A gente quer, verdadeiramente, que tenha uma mudança de vida, não só transmitindo o movimento, mas criando um estilo de vida que possa transformar a maneira de encarar o desafio do dia a dia”, disse Marinho

Marinho contou também que existem três tipos de atendimento realizados no espaço. O primeiro é um grupo de 5 alunos para um professor, o segundo em dupla e o terceiro, individualizado e explicou que quem define o tipo de atendimento são os profissionais após análise da avaliação, pois segundo eles, cada paciente tem sua necessidade.

O profissional revela a importância de ter o apoio do Conselho e principalmente, de estar devidamente registrado.

“É uma segurança para a sociedade por ela estar bem assistida em relação à instituição que está oferecendo o serviço e o profissional que está realizando o atendimento. O registro de Educação Física funciona como um selo de controle de qualidade e a população precisa valorizar mais e ficar atento a este controle, porque profissional sem habilitação e sem registro, é crime e pode ser prejudicial à saúde!”, finalizou Marinho.

Lido 550 vezes